NOTA DE REPÚDIO

O Município de São João do Oeste, através do Prefeito Sr. Genésio Marino Anton vem através desta nota manifestar completo repúdio e indignação, quanto as falas dos vereadores Ernani Miguel Hoff (PSD) e Gervásio Jungblut (PSDB) na câmara de vereadores. Na 23ª Sessão Ordinária, o vereador Ernani mencionou o atraso nas conclusões das obras em execução, dispondo que nenhuma destas foram inauguradas pela atual Administração. Destacou ainda sobre a rejeição da população para com este Prefeito nas eleições de 2012, quando concorri a vereador. Esclareço que, quanto às alegações proferidas sobre as obras ainda não inauguradas, convém mencionar que todas que estão em andamento estão dentro dos prazos contratuais. O que ocorre que são obras de grande complexidade, que requerem um cronograma amplo para sua execução. Vale citar ainda os contratempos ocorridos, como por exemplo: condições climáticas desfavoráveis, falta de mão de obra, materiais e maquinários bem como outros trâmites burocráticos que surgem no decorrer da execução da infraestrutura.
No tocante a alegação da rejeição nas eleições de 2012 que este Prefeito teria sofrido na época em que concorreu para vereador, convém destacar que a eleição (ou não) de qualquer candidato provém de um processo democrático e não é baseada em índices de rejeição.
Quanto as falas proferidas pelo vereador Gervásio Jungblut (PSDB) na 25ª Sessão Ordinária do Legislativo que inicialmente compara os valores adjudicados de licitações de serviços gerais. Cabe salientar que se tratam de licitações com objetos totalmente diferentes e tais valores não devem ser comparados sem uma análise detalhada de cada edital. Já, referente ao direito do recebimento de diárias dos Servidores Públicos do Poder Executivo, o vereador distorce as informações, ao tempo que acha importante estes encaminhamentos, informando que os valores poderiam ser revistos. O Projeto de Lei retirado por este Poder Executivo que diminuía a quantia das diárias e criava a instituto do adiantamento para viagens a locais próximos do nosso município, foi alvo de inúmeras críticas, inclusive por alguns vereadores e, com o fim de atender todas as necessidades e sugestões dadas, este projeto ainda segue em discussão interna. Vale dispor que as diárias são concedidas principalmente aos servidores da saúde (exemplo: os motoristas que estão diariamente se deslocando a outras regiões) e para àqueles funcionários que buscam se aperfeiçoar na participação de cursos. Estamos passando por inúmeras transições legislativas e de sistema no nosso Órgão Público, o que requer nossa incessante busca pelo conhecimento. Aproveito para citar as principais mudanças: a instituição do sistema eSfinge, sistemática do E-social, Nova Lei de Licitações, Lei do REURB, alterações no Código Florestal, Lei de Proteção de Dados, além de inúmeras outras legislações esparsas que possuem ligação direta com a execução dos trabalhos no Município.
Lamento estes tipos de comentários, visto que a postura dos nobres vereadores possui a intenção de denegrir a imagem do Poder Executivo e todos os servidores em geral, que trabalham arduamente para ações voltadas ao interesse público e para melhor atender a população.
Ratifico por fim, que o Município de São João do Oeste trabalha com projetos de grande complexidade e está executando todas as tarefas necessárias para seu fiel cumprimento, não medindo esforços para atender bem toda a população.