Município escolhe finalistas da 4ª Olímpiada Municipal de Língua Portuguesa

A Olímpiada de Língua Portuguesa é uma iniciativa do Ministério da Educação (MEC) e da Fundação Itaú Social, com coordenação técnica do Cenpec — Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária. A Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro tem como parceiros na execução das ações o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e o Canal Futura.

A Olímpiada acontece em anos pares e objetiva a realização de concurso de produção de textos premiando as melhores produções de alunos de escolas públicas de todo o país. Nessa 4ª edição participaram professores e alunos do 5º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio, nas categorias: Poema no 5º e 6º anos do Ensino Fundamental; Memórias Literárias no 7º e 8º anos EF; Crônica no 9º ano EF e 1º ano EM; Artigo de opinião no 2º e 3º anos EM.

A Olímpiada passa por várias fases, a primeira aconteceu nas escolas, a 2ª na fase municipal, 3ª fase estadual, 4ª regional e a última fase é a nacional.

No município de São João do Oeste, a 1ª fase, nas escolas, aconteceu no período de março à primeira quinzena de agosto, sendo que os textos classificados nessa fase foram encaminhados para a fase municipal. Esta ocorreu na última segunda feira, dia 01 de setembro, quando a Comissão Julgadora Municipal se reuniu para selecionar os melhores textos Finalistas em cada categoria.

Na categoria Poema, o texto selecionado foi da aluna Camila Theisen da Escola de Educação Básica Cristo Rei, com o Título – “Um lugar Maravilhoso”.

Na categoria Memórias Literárias, o texto selecionado foi da aluna Alexandra Specht da Escola de Educação Básica Madre Benvenuta, com o título “Lágrimas e Sorrisos”.

Na categoria Crônica, o texto selecionado foi da aluna Naiara Luísa Hammes da Escola de Educação Básica Cristo Rei, com o título “Orgulho dessa Saudade”.

E na categoria Artigo de Opinião, a finalista foi a aluna Ana Cristina Ertel da Escola de Educação Básica Madre Benvenuta, com o título – “Por Baixo da Beleza”

Segundo a Coordenadora da Comissão Julgadora Municipal Teresinha Staub e integrantes da avaliação, este concurso vem valorizando a interação das crianças e jovens com seu meio, pois o tema adotado “O lugar Onde Vivo” desafiou os alunos a resgatar histórias, estreitar vínculos com a comunidade e aprofundar o conhecimento sobre a realidade, o que contribui para o desenvolvimento de sua cidadania.

A Secretaria de Educação agradece a todos os envolvidos neste concurso pela dedicação e comprometimento com que conduziram esse trabalho, aprimorando a melhoria do ensino da leitura e escrita em todas as escolas.

 
Para ler os textos, faça o download dos arquivos: