CRAS desenvolve diversas atividades em 2015

O Centro de Referência de Assistência Social – CRAS, é a porta de entrada da Assistência Social, é um local público, onde são oferecidos os serviços, com o objetivo de fortalecer a convivência com a família e com a comunidade.

O CRAS promove a organização e articulação das unidades da rede socioassistencial e de outras políticas. Assim, possibilita o acesso da população aos serviços, benefícios e projetos de assistência social, se tornando uma referência para a população e para os serviços setoriais.

Conhecendo o território, a equipe do CRAS pode apoiar ações comunitárias, por meio de palestras, campanhas e eventos, atuando junto à comunidade na construção de soluções para o enfrentamento de problemas.

Os serviços ofertados no CRAS são: o Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (PAIF), o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) e o Serviço de Proteção Social Básica no Domicílio para pessoas com deficiência e idosos. No CRAS, os cidadãos também são orientados sobre os benefícios assistenciais e encaminhados para a inclusão no Cadastro Único para Programas Sociais.

O CRASatende famílias e indivíduos em situação de vulnerabilidade e risco social, pessoas com deficiência, idosos, crianças retiradas do trabalho infantil, pessoas inseridas no Cadastro Único, beneficiários do Programa Bolsa Família e do Benefício de Prestação Continuada (BPC), entre outros.


No Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família – PAIF o CRAS desenvolve ações preventivas, sendo: o acompanhamento familiar, visitas domiciliares, reuniões, campanhas, palestras e oficinas. 

No ano de 2015 o CRAS – Família Cidadã realizou:
597 atendimentos e 310 visitas domiciliares;
Estão no acompanhamento familiar 22 famílias;
Nas reuniões do PAIF participaram 70 famílias;
Nas oficinas de artesanato do PAIF participaram 62 usuários, sendo destes, 37 alunos matriculados na APAE;
Nas palestras realizadas, houve a participação de 551 pessoas e nos treinamentos realizados houve a participação de 33 usuários.

Já no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para idosos, crianças, adolescentes e adultos, são desenvolvidas atividades como oficinas de artesanato, pintura, dança e oficinas de cidadania, atendendo aproximadamente 70 famílias ao mês.

No Serviço de Proteção Social Básica no Domicílio para pessoas com deficiência e idosos, são realizadas, pela equipe técnica do CRAS, atividades para promover a defesa de direitos, de convívio e organização da vida cotidiana, orientação e encaminhamento para a rede de serviços, cuidados pessoais, acesso à documentação pessoal, desenvolvimento do convívio familiar e social, entre outras. São visitadas 35 famílias no município.